Voltar

Da narrativa à narrativa visual: um estudo sobre o uso de desenhos para investigar a aprendizagem de inglês

Autor(es) Marina Morena dos Santos e Silva
Coordenação de mesa
Macrotema Linguagem e Tecnologia
Artigo (Visualizar) (Download)
Local [fórum dia todo]
Horário 07/06/2017 - O dia todo
Link para Acesso (ACESSO A ESTE FÓRUM)
Resumo

Este trabalho consiste em uma análise de como a aprendizagem de inglês é representada em uma narrativa visual, elaborada à mão livre, por uma estudante do ensino médio de uma escola da rede particular de ensino. A análise fundamenta-se, principalmente, nos conceitos da Multimodalidade (KRESS, 1997, 2010) e da Gramática do Design Visual (KRESS; VAN LEEUWEN, 2006). Espera-se, aqui, demonstrar que é possível fazer pesquisa com outros modos de significação que não o verbal, já que a comunicação é multimodal e o discurso materializa-se em diferentes códigos. A narrativa visual revela aspectos significativos da cognição de aprendizes e evidencia que os dados visuais podem e devem ser utilizados em pesquisas na Linguística e, principalmente, na Linguística Aplicada.

Palavras-chave

Narrativa visual. Desenho. Ensino/Aprendizagem de inglês. Metáfora visual. Multimodalidade.

Currículos
Marina Morena dos Santos e Silva

Doutoranda em Linguística Aplicada, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui mestrado em Linguística Aplicada (2013) e graduação em Inglês e Português (2008 e 2010) pela mesma instituição. Tem experiência com o ensino de Língua Inglesa, presencial e em ambientes virtuais de aprendizagem, e desenvolve trabalhos na área de Linguística Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: aquisição de Língua Inglesa, metáforas sobre o ensino de línguas, pesquisa narrativa e ensino de línguas mediado por computador.