Voltar

Panorama artístico e educacional: a tecnologia do QR code como produção de subjetividade

Autor(es) Nora Vaz de Mello
Coordenação de mesa
Macrotema Cultura Livre
Artigo (Visualizar) (Download)
Local [fórum dia todo]
Horário 06/06/2017 - O dia todo
Link para Acesso (ACESSO A ESTE FÓRUM)
Resumo

Esse trabalho se propõe a mostrar a relevância do recurso tecnológico para incentivar a produção de subjetividade, a partir de texto sobre a linguagem poética da dança. Nessa tendência, o objetivo do artigo é apresentar uma pesquisa em andamento, sobre a inserção do QR Code no ambiente de leitura, utilizando o recurso tecnológico do símbolo bidimensional (2-D) para comunicação com o leitor. Além disso, esse recurso pode ser inserido tanto no ambiente acadêmico como no panorama educacional, buscando maior interação entre docente e discente, em qualquer área do conhecimento. No entanto, essas ponderações me direcionam para uma retomada reflexiva de um passado, que se liga ao presente enquanto escrevo sobre a obra coreográfica de “Terra Brasilis”. Assim, no cenário artístico, o espetáculo de dança contemporânea produzido pela Companhia de Dança Movimento, de Belo Horizonte, foi inspirado no livro literário homônimo, de Rogério Zola Santiago. Com a inserção dessa mídia, também, no meio artístico espera-se abrir possibilidades para que o leitor estabeleça novas percepções de cunho intersemiótico. Palavras-chave: Linguagem da Dança. Tecnologia: QR Code. Subjetividade. Intersemiótica.

Palavras-chave

Linguagem da Dança. Tecnologia: QR Code. Subjetividade. Intersemiótica.

Currículos
Nora Vaz de Mello

É mestranda em Estudos de Linguagens, pelo CEFET BH/MG, na linha de pesquisa: Cultura, Literatura e Tecnologia sob a orientação da Dra. Olga Valeska. Faz parte do Grupo de Pesquisa COMTE (Corpo, Movimento e Tecnologia: Núcleo de Experimentações em Poéticas do Corpo e do Movimento) do CEFET BH/MG. Elabora, gerencia e emite pareceres de projetos artísticos culturais para a SECTEIMS. É coreógrafa, professora de dança contemporânea e de teatro. Foi diretora do Ballet Movimento (1976-2006). Diretora da Companhia de Dança Movimento de BH.